sábado, 1 de fevereiro de 2020

Repassando informações que podem te ajudar.

Nota: Essas informações abaixo eu peguei de um usuário anônimo nesse blog (https://herpesamizadenamoro.blogspot.com/2017/10/estou-de-volta.html blog que fala sobre herpes também e é algo que eu achei muito interessante e que em breve vou pesquisar mais afundo, pois eu quero testar em mim para ver se funciona de verdade. Achei muito interessante e estou aqui repassando para vcs...

Anônimo: Comprei uma vacina contra a HERPES do laboratório do Rio de Janeiro (Anthygenus.COM.BR). Ela custa R$ 350,00.

Você toma ela junto com outra vacina que se chama "imunoestimuladora polivalente" (aumenta as defesas do sistema IMUNOLÓGICO =LINFÓCITOS B) que custa R$ 365,00.

Estou tomando na PRIME VACINAS em Brasília. Eles aplicam e já vem refrigerado. Se a vacina ficar dois dias a 30° C ela perde a eficácia.

Se você comprar direto do laboratório da ANTHYGENUS é mais BARATO (sai R$ 240,00 a da Herpes I e II e a polivalente sai por R$ 265,00)! Dizem que a eficácia é de 90%. Se for por essa lógica vc deve ter no máximo um surto por ano ��! Terminei de tomar e estou há 1 mês sem nenhum surto. Espero que essa imunoterapia seja a minha salvação até acharem a cura. A cada dois anos tem que repetir. A vermelhidão sumiu, não sinto mais dor, nem choques e nem coceira, nem bolhas

O que realmente funcionou pra mim na Herpes Genital (como secar as bolhas em um dia:

1. No chuveiro lavar as bolhas com detergente de coco ou sabão de coco (vi relatos que tem pessoas que deixam detergente em cima das bolhas e elas secam...eu nunca deixei, eu só lavo!)Depois secar a área. Cuidado : não estoure as bolhas).

2. Passar óleo de melaleuca (tea tree = uma árvore da AUSTRÁLIA que é antiviral. Comprei a R$ 35, 00 reais em uma farmácia de manipulação). Pingo diretamente uma gota nas bolhas . Herpes é um vírus que está adormecido nas raízes da coluna e não há cura para ele. O óleo de melaleuca (TEA TREE) ajuda a curar as feridas (Ele dá uma sensação de refrescante).

3. ÓLEO de COCO ajuda demais na COCEIRA e na SENSAÇÃO de CHOQUE ⚡ . (Eu uso da marca COPRA paguei 30 reais 500 ml) ele não tem gosto. Atenção: você também deve tomar 3 colheres de óleo de coco por dia. O óleo de coco tem o ácido laurico, no estômago ele é quebrado e se transforma em MONOLAURINA (44%) que mata o vírus da Herpes. Ele também tem 9% de acido caprico (antifungico).

4. Passar argila verde nas bolhas (elas secam = custa 15 reais, na Biomundo em Brasília).

Atenção ao procedimento:

1° pingo uma gota de óleo de melaleuca (TEA TREE) na bolha. Se elas estiverem em vários lugares diferentes vc pinga uma gota em cada lugar.

2° mistura uma colher de óleo de COCO + uma colher de ARGILA VERDE (misturada até virar uma pasta) e coloco sobre as bolhas e na região inflamada. Tiro a argila com a mangueira do chuveiro. A região vai ficar meio escura por causa da mistura...

3° pingue uma gota de óleo de COPAÍBA na área inflamada. Esse óleo é incrível se a sua pele estiver vermelha (vermelhidão), ajuda demais na inflamação/hiperpigmentação da pele! Sua pele vai voltar a COR NORMAL. A minha pele estava vermelha há 03 meses e em 6 dias pingando óleo de COPAIBA ela voltou ao normal. Copaiba funciona melhor que pomada pra assadura (aquelas com óxido de zinco). Copaiba também tem efeito sobre o herpes.

EM 1 DIA ELAS SECAM !!!. ACREDITE!!!!!

Faça esse procedimento umas 3x por dia ou então só na hora de dormir, ao acordar tome banho e retire. A argila verde tem muito zinco (o herpes não gosta), é bactericida e cicatrizante (vi um vídeo no YouTube onde um cara usa argila verde pra curar uma mordida de cachorro. A ferida tava feia e ele se curou usando argila verde).

Podem contar comigo!!


Bom dia pessoal, só avisando que agora eu estarei ativo aqui no blog fazendo postagens sempre que algo novo sobre herpes aparecer e sempre estarei dando dicas e conselhos para quem esteja necessitando. E uma ou duas vezes na semana eu estarei conferindo minha caixa de e-mails.
Eu sei que vocês estão ai “kkk”...Sei também que isso que temos não é nada legal, mas não é um bicho de sete cabeças não e é isso que eu quero mostrar para vocês.  Por isso que eu estou aqui e se precisarem de mim para conversar, desabafar ou contar sobre algo que não quiserem comentar por aq vcs podem me chamar no privado!!


Obs.: Hangouts é um epp parecido com o WhatsApp para conversamos em tempo real se assim vc preferir!!

Um abraço...

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Vacina Contra O Herpes Genital: Estudos Promissores (Site atualizado em 26/07/2019) Informações recentes em galera, confiram...

Informações tirada do site.: https://www.drakeillafreitas.com.br/vacina-contra-o-herpes-genital/#comment-15645

Vacina Contra o Herpes Genital: Estudos Promissores

Infecções pelo Herpes simples são muito frequentes.
Apesar dos 2 tipos poderem causar lesões em várias partes do corpo, o Vírus do Herpes Simples tipo 2 (HSV-2) é o mais habitualmente vinculado às lesões genitais. Por isso o HSV-2 é habitualmente chamado de Herpes Genital.
A Organização Mundial de Saúde (WHO) estima que há cerca de 417 milhões de pessoas entre 15 e 49 anos vivendo com HSV-2 em todo o mundo (11,3% da população mundial).*
Muitas dessas pessoas sofrem com infecções de repetição. Especialmente pessoas com imunodeficiência transitória ou permanente.

Outros Problemas das Infecções pelo HSV-2:

A Vacina Trivalente

Vacina contra o herpes genital recebe o nome de trivalente por ser composta por 3 partes diferentes do HSV-2.

Como a Vacina Funciona?

A  vacina induz uma resposta imune que produz três anticorpos dirigidos a diferentes aspectos do vírus herpes genital.
Dois dos anticorpos impedem que o vírus bloqueie o sistema imunológico, enquanto o terceiro impede que o vírus entre nas células.
Ou seja, a vacina contra o herpes genital estimula o sistema imunológico a atacar o vírus, ao mesmo tempo que impede o vírus de fazer uso de alguns mecanismos de defesa que possui.

Resultados Promissores

Essa vacina mostrou em testes com animais um resposta protetora em 98% dos casos. Mostrou proteção não apenas contra infecções genitais, mas contra as orais também.

Próximos Passos

O próximo passo é ver se estes resultados vistos em animais se repetirão em humanos.
Fonte para a Vacina Contra o Herpes Genital:

      sexta-feira, 19 de julho de 2019

      Aos que precisarem de ajuda podem me chamar no particular!!!

      Boa tarde,

      Caso estejam querendo um conselho ou precisando de ajuda ou querendo opinar sobre o meu blogger é só me mandar uma e-mail que responderei o mais rápido possível!!! Fiquem a vontade :D

      Meu e-mail é.: amigoarcanjo10@gmail.com

      Um abraço a todos...

      segunda-feira, 15 de julho de 2019

      Boa tarde caros leitores :D

      Se vocês conhecem o meu blogger então já devem ter visto a minha história, se não vai lá na minha primeira postagem conferir!! :D

      E o que vocês estão achando do blogger, vamos interagir e conversar sobre isso que muitas pessoas sofrem inclusive nós não e mesmo kkk...Vamos nós ajudar e encarar esse problema que temos da melhor maneira possível. Estou aqui para ajudar vocês, dar conselhos e aprender junto com vocês também. Se não quiserem aparecer temos o modo anônimo que garante total sigilo de sua identidade!

      Aah, e em breve irei abrir um tema aqui no blogger sobre ''Namoro e herpes'' para tirar duvidas e conversarmos sobre esse assunto bastante polemico que só quem tem herpes sabe muito bem como é...

      Aguardo vocês por aqui ehm!!!

      quinta-feira, 11 de julho de 2019

      Ainda há esperanças meus caros amigos!! Eu creio...Vai dar tudo certo ;D

      Pesquisa recente que saiu no dia 11/05/2018 às 17:32hs  por iG São Paulo!! Confiram...
      Fonte: Saúde - iG @ https://saude.ig.com.br/minhasaude/2018-05-11/herpes-genital-vacina.html


      Vacina contra herpes genital deve ficar disponível para uso em cinco anos

                    Depois de experimentos bem-sucedidos com macacos, pesquisadores afirmam que vão começar a testar o imunizante em humanos; entenda


      - Pesquisa é animadora para os cientistas, que estão tentando desenvolver uma vacina contra herpes genital -

                   A ciência está avançando em relação à busca por uma vacina que proteja contra herpes. De acordo com estudos desenvolvidos por pesquisadores da Universidade Estadual da Louisiana, nos Estados Unidos, o objetivo é que, em cinco anos, o imunizante que está sendo aprimorado atualmente deverá estar disponível para uso. Depois de terem administrado vacinas em macacos e acompanhado o resultado positivo para a proteção do vírus que causa herpes , os pesquisadores acreditam que agora estejam prontos para testar o antivírus em humanos.
                   A vacina tem como alvo o herpes genital - uma infecção sexualmente transmissível (IST) comum e de alta prevalência - mas também pode funcionar contra herpes labial, que é causada por uma cepa - ou seja, uma espécie - ligeiramente diferente.
      Para um dos líderes do estudo, o avanço no desenvolvimento de um antivírus como esse tem um "tremendo potencial" para combater o herpes, que atualmente é incurável e estima-se que atinja um em cada seis adultos em todo o mundo.
      Como o estudo está sendo feito

                  O projeto envolve injetar no corpo uma cepa viva e enfraquecida do vírus herpes simplex para construir imunidade. Segundo a pesquisa, publicada na revista Vaccine , dentro do corpo, o vírus enfraquecido não consegue se fixar nos nervos e o organismo aprende a combatê-lo, protegendo-o contra sua versão real e mais contagiosa.
                  Os testes já realizados em animais apontam que nenhuma das cobaias no teste desenvolveu sintomas após receber a vacina e depois foi exposta a uma cepa agressiva de herpes. Já os animais que não receberam a proteção tiveram consequências "severos". A nova vacina também foi capaz de interromper os surtos das cobaias que estavam infectadas antes e "apresentou bom desempenho" em macacos, segundo o New Scientist .
                  Para Konstantin Kousoulas, pesquisador da Universidade Estadual da Louisiana o imunizante tem um “tremendo potencial como vacina preventiva e terapêutica", conforme afirmou ao New Scientist . Ele disse que sua equipe espera iniciar testes em humanos dentro de um ano, e acrescentou que a vacina pode estar disponível dentro de cinco anos se for bem sucedida.

      Herpes simplex

                 Conhecido como Herpes simplex, o vírus da herpes genital é disseminado, principalmente, pelo contato físico, por via sexual, sem proteção. Ele pode ser de dois tipos: o 1, que se espalha da boca aos genitais durante o sexo oral, ou o 2, que é mais comum na vagina. Apesar de a transmissão do vírus ser mais comum quando há contato com a pele infectada, com lesões visíveis como bolhas dolorosas e feridas nos genitais, uma pessoa também pode transmitir a doença mesmo quando estiver assintomática, por contato com saliva ou fluidos da vagina.
                 Quando alguém é infectado, o vírus fica dormente em seus nervos e pode causar surtos regulares. Por enquanto, não há uma cura para a condição. O tratamento ajuda a evitar a recorrência dos surtos, impedir complicações mais graves pelo resto do corpo e bloquear a transmissão.

      terça-feira, 9 de julho de 2019

      Cura do herpes: vírus é removido da corrente sanguínea pela primeira vez - Por Stephanie D’Ornelas, em 24.09.2013

      O citomegalovírus (CMV) é um tipo muito comum de vírus do herpes. Estima-se que cerca de 70% da população carregue o CMV no corpo, e, embora ele geralmente não cause a doença, pode diminuir até 3,7 anos da expectativa de vida. A boa notícia é que pela primeira vez cientistas conseguiram remover esse vírus da corrente sanguínea.
      Em pessoas com sistema imunitário enfraquecido, o vírus pode causar adoecimento grave e até mesmo cegueira. Se uma pessoa com essas condições precisar de um transplante de medula óssea, há grandes chances de o único doador disponível carregar o CMV, o que é extremamente frequente.
      Pesquisadores encontraram a solução para este problema com a utilização de uma droga que é usada no tratamento do câncer, a vincristina.

      Pesquisa

      Quando o CMV está dormente, ele expressa um amontoado de genes, entre eles o UL138. Para investigar o que esse gene em específico faz com as células, pesquisadores da Universidade de Cambridge (Reino Unido) o cultivaram junto com células humanas saudáveis na presença de aminoácidos marcados – as matérias-primas usadas para a produção de proteínas. Depois, os pesquisadores usaram espectrometria de massa para identificar como o UL138 alterou a expressão de proteínas nas células.
      “Sabemos que o vírus remodela a superfície da célula, por isso nos perguntamos: quais são as proteínas na superfície da célula e como o CMV as altera?”, explica Paul Lehner, que coordenou a pesquisa.
      No estudo, o citomegalovírus diminuiu a produção de uma proteína chamada MRP1, que bombeia elementos químicos tóxicos para fora das células – incluindo a vincristina, um remédio usado contra o câncer.

      Tratamento

      Os pesquisadores perceberam que, como as células infectadas não poderiam eliminar a vincristina, talvez a droga pudesse matar o vírus. E foi realmente isso que aconteceu, quando a equipe colheu amostras de sangue com CMV de 15 voluntários e as tratou com a droga. O vírus foi drasticamente reduzido e desapareceu, em alguns casos.
      Pesquisadores apontam que a vincristina pode ter efeitos secundários graves, por isso é improvável que seja usada para acabar com o citomegalovírus em pessoas saudáveis. No entanto, a droga poderá ser usada para tratar o sangue do doador de medula óssea antes de transplantes.